O aumento das tarifas deixou a conta de luz mais alta. Conheça dicas simples e eficientes para economizar no consumo de energia elétrica.

Com a chegada do verão é comum que o consumo de energia elétrica aumente. Para aliviar o calor e amenizar os efeitos das altas temperaturas, nada melhor do que colocar os ares condicionados e ventiladores para funcionar! Porém, como muitos brasileiros andam percebendo, refrescar o ambiente tem seu preço. E, ultimamente, ele não anda nada barato!

Com a mudança de governo após o impeachment, as distribuidoras de energia foram autorizadas à subirem as tarifas. Essa medida ocorreu, pois desde a crise hídrica de 2014, essas empresas vêm gerenciando um enorme prejuízo, que agora será dividido com o consumidor.

Em razão dos aumentos sucessivos das tarifas, reduzir o consumo de energia elétrica deixou de ser uma economia para se transformar em uma necessidade. Porém, como realizar essa medida? Para quem precisa dar uma enxugada no orçamento e garantir mais dinheiro no final do mês, vale a pena conferir essas dicas!

1. Faça a família toda participar!

Dentro de um projeto de economia doméstica, de nada adianta um membro da família se esforçar para reduzir os gastos, enquanto os demais não colaborarem. Em geral, o que acontece na maioria das famílias é que aquele que paga a conta sempre se preocupa em economizar.

Porém, para garantir mais dinheiro no final do mês, é preciso que todo mundo se envolva da mesma forma. Caso contrário, todo esforço de um será em vão. Uma boa forma de fazer com que toda família abrace a causa na hora de diminuir o consumo de energia elétrica é criando uma espécie de jogo.

O primeiro passo para isso é reunir toda a família, mostrando os gastos com o consumo de energia elétrica e estabelecendo uma medida para a economia. Em seguida, é importante as regras para que todos saibam o que fazer na hora de economizar. Por fim, é fundamental estabelecer recompensas, caso as metas sejam atendidas.

Depois de explicadas as regras do “jogo da economia” é só manter o time motivado até o final do mês. E quem sabe com a conta de luz mais barata, todos podem sair para aproveitar uma bela pizza no final de semana?

2. Mude o chuveiro para a função “verão”

O chuveiro elétrico é um dos itens que mais consome energia dentro de casa. Por isso, é hora de aproveitar as altas temperaturas da estação e apostar em um banho menos quente. Já que é inevitável usar mais ventiladores e ares condicionados, o chuveiro pode muito bem ir para a função “verão”, ajudando a diminuir o consumo de energia elétrica.

Os banhos mais frios, além de refrescantes, costumam ser mais curtos também. É economia de água e diminuição no consumo de energia elétrica, sem que isso seja um enorme desconforto.

3. Troque as lâmpadas para LED

Muita gente não sabe, porém, aquelas tradicionais lâmpadas amarelas consomem cerca de 75 watts, enquanto lâmpadas de luz branca consomem apenas 15 watts. Trocar as lâmpadas, portanto, é uma ótima medida para diminuir o consumo de energia elétrica, mesmo que o investimento na compra seja maior.

Para quem quer economizar de verdade, as lâmpadas de LED também são uma boa opção. Embora sejam mais caras, essas lâmpadas consomem apenas 9 watts e contam com uma ótima durabilidade.

Se você está com o orçamento apertado e não pode investir em trocar todas as lâmpadas de casa, é possível fazer um projeto a longo prazo que também trará economia. Comece trocando as lâmpadas dos cômodos que são mais utilizados e vá economizando aos poucos.

4. Mantenha sua geladeira longe do fogão

A geladeira é outro item que costuma gerar bastante gasto, especialmente se estiver em um mal estado de conservação. Avalie se o seu eletrodoméstico não precisa ser trocado, considerando o gasto que possui.

Outra boa dica para economizar é deixar esse aparelho em uma área ventilada, longe de fontes de calor como o fogão. Isso contribui para que ela gaste mais.

Por fim, cheque com frequência a borracha de vedação. Quanto mais gasta estiver, mais sua geladeira irá consumir energia. Portanto, fique atento.

5. Atenção com o uso de aparelhos eletrodomésticos

Você sabe usar bem seus eletrodomésticos? Então, responda uma questão: você espera a máquina de lavar encher antes de botá-la para funcionar? Se a sua resposta foi “não”, é melhor você continuar lendo!

Muitas pessoas utilizam seus eletrodomésticos baseadas em suas necessidades. Porém, quando param para pensar, na maioria das vezes, esse não é o melhor uso dado ao aparelho, especialmente em termos de economia.

Uma máquina de lavar roupa, por exemplo, gasta a mesma quantidade de energia se estiver cheia ou vazia. Basta que esteja ligada. Por isso, se você quer economizar, dê o aproveitamento máximo aos seus eletrodomésticos enquanto eles estiverem ligados. Isso vale não apenas para a máquina de lavar, como também para o ferro de passar roupas, máquina de lavar louça, aspirador, entre outros.

Outra boa dica para o uso econômico de aparelhos eletrodomésticos é apostar no selo PROCEL, sempre que for adquirir um produto novo. Essa certificação é única no mercado e atesta que o eletrodoméstico tem eficiência com baixo consumo de energia.

6. Invista em soluções de energia solar

Instalar um painel solar em casa pode ser um excelente investimento para quem busca economia a longo prazo. Embora o investimento inicial para geração de energia solar não seja dos mais baixos, a economia no consumo de energia elétrica pode chegar até a 70%. Além disso, o investimento feito no sistema acaba se pagando ao longo dos anos, isso sem contar que ele valoriza bastante o imóvel.

Para quem pensa em economia de verdade, a micro geração de energia elétrica através dos painéis solares é uma excelente alternativa. Além de ser uma ótima maneira de gerar energia sem promover impactos negativos ao meio ambiente.

7. Cores claras ajudam a reduzir o consumo de energia elétrica

Sabia que uma boa iluminação do ambiente pode ajudar a economizar na conta de luz? Pois é, muitas medidas simples ajudam a trazer mais luz natural para o ambiente. Uma delas, por exemplo, é pintar as paredes de cores claras. Como o branco ajuda na reflexão da luz solar, isso faz com que o ambiente fique mais claro.

Outra dica é apostar em janelas amplas. Quanto mais iluminação natural, melhor!

8. Não durma com a TV ligada

Infelizmente muita gente tem o hábito de dormir com a televisão ligada e acaba gastando energia à toa, quando está dormindo! Se você é desse tipo de pessoa, não deixe de acionar o timer para que a TV desligue automaticamente depois de algum tempo. Essa simples tecla do controle remoto ajuda você a economizar no consumo de energia elétrica, sem que para isso seja necessário perder o sono.

9. Aposte na tecnologia

Hoje já existem aplicativos para tudo, inclusive para ajudar a economizar no consumo de energia elétrica. É o caso do aplicativo “Nossa Energia”, que disponibiliza ao usuário uma espécie de calculadora onde é possível medir os gastos com a energia doméstica. O aplicativo vai calculando, a partir do número de horas que um aparelho fica ligado, quanto é o gasto de energia. Isso, além de mostrar o gasto global, ajuda o usuário a ter uma noção sobre aquilo que mais usa e pode economizar.

O aplicativo está disponível tanto para Android quanto para iOS e é gratuito.

Conclusão

A economia mora nos detalhes. Por isso, na hora de diminuir os gastos com o consumo de energia elétrica, a dica é rever alguns hábitos e mudá-los. Sempre é possível e o bolso agradece!

Gostou dessas dicas? O que você faz para economizar no consumo de energia elétrica? Deixe seus comentários abaixo!