• Atendimento: de Segunda à Sexta das 8h às 18h.
Manaus Amazonas

Glossário Energia Solar

Glossário Energia Solar Fotovoltaica

ABSOLAR
Associação Brasileira de Energia Solar Fotovoltaica: congrega empresas de toda a cadeia produtiva do setor fotovoltaico (FV) com operações no Brasil.

ABGD
Associação Brasileira de Geração Distribuida – Reune empresas com atuação direta ou indireta na geração distribuída oriunda de fontes renováveis.

ANEEL
Agência Nacional de Energia Elétrica é uma agência reguladora, vinculada ao MME (Ministério de Minas e Energia) que tem como finalidade regular e fiscalizar a produção, transmissão e comercialização de energia elétrica de acordo com as políticas e diretrizes do governo federal.

Arranjo fotovoltaico
É um conjunto de painéis solares, interligados em série ou em paralelo e que estão dispostos numa mesma estrutura. Também conhecido como “array”.

Banco de baterias
É um conjunto de baterias, construído em arranjo serial, que são utilizados para garantir o fornecimento de energia, de forma ininterrupta e com grandes autonomias para energização de sistemas.

B.O.S.
Balance of System são componentes de um Sistema solar fotovoltaico que exclui módulos solar, exemplo: cabos, fios, proteções, antenas, chicotes elétricos e estruturas.

Bateria estacionária
Baterias fabricadas para descargas profundas utiliza maior corrente por um tempo maior.

Bateria solar
Bateria especialmente desenvolvida para armazenar cargas de energia solar e assim possibilitando o uso da energia solar mesmo durante a noite, quando há indisponibilidade de luz solar.

BIPV
Sigla em inglês para Building Integrated Photovoltaics, ou Energia Fotovoltaica integrada a Edificações. O termo se refere a tecnologias específicas que podem ser integradas nos edifícios, com frequência, em substituição aos materiais convencionais.

Célula fotovoltaica
Dispositivo elementar especificamente desenvolvido para realizar a conversão direta da energia solar em energia elétrica.

Célula solar ou célula fotovoltaica
É a unidade básica de um sistema fotovoltaico, responsável pela conversão da radiação solar em eletricidade.

Coletor solar
Converte o calor solar em aquecimento, através do aproveitamento da radiação infravermelha.

Célula de energia solar
Uma célula solar (ou célula fotovoltaica) é um dispositivo que converte energia solar em energia elétrica.

Conversor de energia solar
Também conhecido como inversor solar, o conversor é responsável por inverter a energia gerada pelos painéis solares de Corrente Contínua (CC) para Corrente Alternada (CA).

Consumidor cativo
Consumidor de energia elétrica autorizado a comprar energia somente da concessionária que atua na rede a qual está conectado. (Todo mundo que mora em uma casa ou apartamento é um consumidor cativo)

Consumidor livre
Consumidor legalmente autorizado a escolher seu fornecedor de energia, ou seja, é aquele que, atendido em qualquer tensão, tenha exercido a opção de compra de energia elétrica no mercado livre de energia. Na sua maioria apenas grandes consumidores de energia se enquadram nesta categoria. (conforme as condições previstas nos arts. 15 e 16 da Lei nº 9.074, de 7 de julho de 1995: Decreto n. 5.163, de 30 julho de 2004 (Diário Oficial, de 30 jul. 2004, seção 1, p.1)

Consumidor de baixa renda
Consumidor residencial atendido por circuito monofásico. A definição consta da Lei 10.438 (2002)

Consumidor do grupo A
Conjunto de unidades consumidoras caracterizado principalmente pela estruturação tarifária binômia.

Consumidor do subgrupo A1
Conjunto de unidades consumidoras com fornecimento de energia em tensão igual ou superior a 230 kV.

Consumidor do subgrupo A2
Conjunto de unidades consumidoras com fornecimento de energia em tensão de 88 a 138 kV.

Consumidor do subgrupo A3
Conjunto de unidades consumidoras com fornecimento de energia em tensão de 69 kv.

Consumidor do subgrupo A3a
Conjunto de unidades consumidoras com fornecimento de energia em tensão de 30 a 44 kv.

Consumidor do subgrupo A4
Conjunto de unidades consumidoras com fornecimento de energia em tensão de 2,3 a 25 kv.

Consumidor do grupo B
Unidade consumidora com fornecimento em tensão inferior a 2,3 kv ou atendida em tensão superior à mencionada e caracterizada pela estruturação tarifária monômia (tarifa única de energia em R$/kwh).

Consumidor do subgrupo B1
Unidade consumidora residencial e unidade consumidora residencial caracterizada como baixa renda.

Consumidor do subgrupo B2
Unidade consumidora rural, unidade consumidora caracterizada como cooperativa de eletrificação rural e como serviço público de irrigação.

Consumidor do subgrupo B3
Unidades consumidoras das demais classes.

Consumidor do subgrupo B4
Unidade consumidora caracterizada como iluminação pública.

Consumidores do subgrupo AS
Conjunto de unidades consumidores com fornecimento de energia em tensão inferior a 2,3 kv, atendido a partir de sistema subterrâneo de distribuição e faturado neste grupo em caráter opcional.

Consumidor especial
Consumidor responsável por unidade consumidora ou conjunto de unidades consumidoras do Grupo “A”, integrante (s) do mesmo submercado no SIN: Sistema Interligado Nacional, reunidas por comunhão de interesses de fato ou de direito, cuja carga seja maior ou igual a 500 kW.

Resolução Normativa ANEEL n. 247, de 21 de dezembro de 2006 (Diário Oficial, de 26 dez. 2006, seção 1, p. 271)

Consumidor potencialmente livre
É aquele que, atendido em qualquer tensão, não tenha exercido a opção de compra, a despeito de cumprir as condições previstas nos artigos 15 e 16 da Lei nº 9.074, de 7 de julho de 1995.

Decreto n. 5.163, de 30 de julho de 2004 (Diário Oficial, de 30 jul. 2004, seção 1, p. 1)

Controlador de carga
O controlador ou regulador de carga é um dos principais componentes de um sistema solar fotovoltaico, é o responsável pela durabilidade das baterias. Ele protege as baterias de serem sobrecarregadas, ou descarregadas profundamente garantindo com que a energia produzida pelos painéis fotovoltaicos seja armazenada com maior eficácia.

Diagrama multifilar
O diagrama multifilar é representação mais minuciosa de uma instalação elétrica, assim como no diagrama funcional ele também mostra todos os condutores e componentes. Mas, além disso ele tenta representar os componentes da instalação bem como os condutores em sua posição correta.

Diagrama unifilar
O diagrama unifilar é o mais usado pelos eletricistas instaladores nas obras. Ele é desenhando sobre a planta baixa (planta arquitetônica) e apresenta os dispositivos e trajeto dos condutores rigidamente em suas posições físicas apesar de ser em uma representação bidimensional.

Efeito fotovoltaico
Conversão direta da energia da luz (espectro visí­vel) em energia elétrica. A célula fotovoltaica é o elemento que realiza esta conversão.

Energia alternativa
Energia alternativa é qualquer fonte de energia que é uma alternativa ao uso do combustível fóssil. A energia alternativa é a energia derivada de fontes sem as consequências indesejáveis inerentes à utilização de combustíveis fósseis, particularmente as emissões de dióxido de carbono (gás com efeito estufa – um fator importante no aquecimento global)

Energia limpa
É aquela que não libera durante seu processo de produção ou consumo, nenhum tipo de gás poluente ou resíduos que motivem o efeito estufa ou aquecimento global.

Energia renovável
É proveniente de recursos naturais reabastecidos, como sol, vento, chuva, marés e energia geotérmica. Ou seja, são ilimitados.

Energia solar fotovoltaica
Energia solar fotovoltaica é a energia proveniente da luz e do calor do Sol que é aproveitada e utilizada por meio de diferentes tecnologias, principalmente como o aquecimento solar, energia solar fotovoltaica, energia heliotérmica e arquitetura solar. A energia solar é considerada uma fonte de energia renovável e sustentável.

Energia solar térmica
uso da energia solar para aquecimento espacial (geralmente aquecimento de água).

Estrutura metálica
Normalmente estruturas metálicas (alumínio anodizado ou aço inox) são utilizadas para a fixação do módulos nos telhados ou no solo.

Fotovoltaico
O termo “Fotovoltaico” é o casamento de duas palavras: – Foto, que tem sua raiz na língua grega e significa “luz” e – Voltaica, que vem de ‘volt’ que é a unidade para medir o potencial elétrico.

Efeito de conversão da luz em eletricidade usando materiais semicondutores que exibem o efeito fotovoltaico, um fenômeno estudado em física, fotoquímica e eletroquímica. Um sistema fotovoltaico típico emprega painéis solares, compreendendo cada um um certo número de células solares fotovoltaicas, que geram energia eléctrica.

FRE
Sigla para Fontes Renováveis de Energia.

Gerador de energia solar
É um sistema que capta a luz do sol e converte em energia elétrica para ser usada em residências, eventos ou empresas.

Geração centralizada
São usinas solares de grande capacidade instalada que comercializam a energia gerada nos ambiente contratação livre e regulado.

Geração distribuída ou On Grid
São aqueles que fornecem energia para a rede de distribuição. Geralmente não utilizam sistemas de armazenamento de energia.

Geração isolada ou Off Grid
É aquele que não tem contato com a rede de distribuição de eletricidade das concessionárias. Podem ser híbridos ou autônomos, com ou sem armazenamento.

HSP
Horas de Sol Pico – São os resultados em quilowatts hora por metro quadrado apresentados pelo Atlas Brasileiro de Energia Solar. Este valor é muito importante para o cálculo do sistema fotovoltaico pois é nessas horas que um painel fotovoltaico estará gerando o seu máximo durante o dia.

GRID-TIE
Termo oriundo da língua inglesa. Significa conectado à rede elétrica da distribuidora. Utilizado comumente para se referir a um sistema fotovoltaico conectado à rede ou um tipo de inversor solar que é específico para conexão com a rede da distribuidora.

Inversor solar
Um inversor solar, ou conversor ou inversor fotovoltaico converte a corrente contínua (CC) de saída variável de um Painel Fotovoltaico em uma frequência em corrente alternada (AC) que pode ser alimentado em uma rede elétrica comercial ou utilizado por um local , rede elétrica fora da rede. Ex: 110V, 220V ou 380V.

Kit de energia solar
Um kit de energia solar é uma composição de painéis solares e outros equipamentos que juntos vão gerar energia solar para alimentar a sua empresa, residência, sistema de bombeamento e qualquer outra coisa que utilize energia elétrica.

Material elétrico
Fios e cabos, disjuntor, interruptor, adaptador, extensão, tomada, eletrodutos, transformador, soquete e acessórios elétricos.

Materiais semicondutores
São substâncias que, quando aquecidas ou combinadas com outros materiais, são capazes de conduzir eletricidade. Semicondutores em células fotovoltaicas são, por exemplo, o silício, telureto de cádmio (CdTe) e disseleneto de cobre (CIS).

Microgeração – microgeração distribuída
Central geradora de energia elétrica, com potência instalada menor ou igual a 100 kW e que utilize fontes com base em energia hidráulica, solar, eólica, biomassa ou cogeração qualificada, conforme regulamentação da ANEEL, conectada na rede de distribuição por meio de instalações de unidades consumidoras;

Minigeração
Minigeração distribuída: central geradora de energia elétrica, com potência instalada superior a 100 kW e menor ou igual a 1 MW para fontes com base em energia hidráulica, solar, eólica, biomassa ou cogeração qualificada, conforme regulamentação da ANEEL, conectada na rede de distribuição por meio de instalações de unidades consumidoras;

Módulo Solar
São células solares normalmente fabricadas em silício policristalino e conectadas em série/paralelo a fim de atingir a potência W desejada.

Módulo fotovoltaico
Unidade básica formada por um conjunto de células solares, interligadas eletricamente e encapsuladas, com o objetivo de gerar energia elétrica.

Monitoramento de sombras
monitorar o movimento de uma sombra durante o dia.

Net matering
Sistema de incentivo à fontes renováveis que permite ao proprietário do gerador injetar na rede elétrica a energia que não é consumida na edificação onde o sistema está instalado. Quando isto ocorre, o consumidor recebe créditos pela energia entregue à rede, o qual será convertido em um desconto na conta de eletricidade nos meses seguintes.

Painel solar
Painel solar refere-se a um painel concebido para absorver os raios solares como fonte de energia para a geração de electricidade ou aquecimento.

Painel fotovoltaico
Um painel fotovoltaico é um painel, tipicamente composto por 6×10 células fotovoltaicas, utilizado para produzir energia elétrica com a luz solar. Painéis fotovoltaicos constituem são parte do sistema fotovoltaico, que gera e fornece energia solar em aplicações comerciais e residenciais. Um ou mais módulos fotovoltaicos interligados eletricamente, montados de modo a formar uma única estrutura.

Potência instalada
A potência instalada é medida em Wp (Watt pico) e se refere a energia nominal sobre Condições de Teste Padrão (1000W/m2/ano, 25º C, 1.5 AM).

Projeto de sistemas fotovoltaicos
determinação de número de painéis e demais componentes necessários para produzir uma certa potência elétrica, em uma região determinada do planeta. Pode incluir outros aspectos como eficiência energética e condições de conexão à rede.

PV
Abreviação para a palavra ‘fotovoltaica’, que em inglês é ‘photovoltaic’.

Radiação solar
É uma forma de transferência de energia vinda do Sol, através da propagação de ondas eletromagnéticas. É a energia radiante emitida pelo Sol, sob a forma de radiação eletromagnética.

Resolução Normativa 482
Estabelece normas e procedimentos para micro e minigeradores propondo um sistema de compensação de energia (Net Meetering)

RN482/12
Resolução normativa da ANEEL que dispõe sobre as normas de conexão à rede de geradores de energia renovável (Energia Solar Fotovoltaica, Energia Eólica, Energia de Biomassa e outros). A resolução basicamente cria as regras para você conectar o seu gerador de energia na rede da dsitribuidara e se beneficiar do sistema de compensação de energia.

Sistema de compensação de energia 1
Regulamento em 2012 pela ANEEL, permite que toda a energia que você gere em excesso em sua casa ou empresa seja enviado para a rede de energia da distribuidora. Essa energia injetada na rede é contabilizada e fica como um crédito para que você utilize durante a noite ou em meses que você não produza energia.

Sistema de compensação de energia 2
Sistema no qual a energia ativa injetada por unidade consumidora com microgeração distribuída ou minigeração distribuída é cedida, por meio de empréstimo gratuito, à distribuidora local e posteriormente compensada com o consumo de energia elétrica ativa dessa mesma unidade consumidora ou de outra unidade consumidora de mesma titularidade da unidade consumidora onde os créditos foram gerados, desde que possua o mesmo Cadastro de Pessoa Física (CPF) ou Cadastro de Pessoa Jurídica (CNPJ) junto ao Ministério da Fazenda.

Sistema fotovoltaico
Um sistema fotovoltaico é um gerador de energia projetado para fornecer energia solar utilizável por meio de células fotovoltaicas. Ele consiste de um arranjo de vários componentes, incluindo painéis fotovoltaicos para absorver e converter a luz solar em eletricidade, um inversor solar para mudar a corrente elétrica de CC para CA, bem como a montagem, cabos e outros acessórios elétricos para configurar um sistema completo.

SFCR
SFCR é uma sigla para Sistema Fotovoltaico Conectado à Rede.

Usina Solar
É uma estrutura composta por vários painéis fotovoltaicos, capazes de produzir energia elétrica a partir da captação da luz do sol, sem causar danos ao meio ambiente.

Watt
É uma unidade de potência. Unidade de medida de energia mecânica ou elétrica, de fluxo térmico e de fluxo energético de irradiação, equivalente a uma transferência de energia de 1 joule por 1 segundo ou à energia produzida por uma corrente de 1 ampere através de uma diferença potencial de 1 volt; 1/746 de cavalo-vapor [símb.: W ].

Watt pico
É a máxima potência gerada por um painel solar fotovoltaico em uma condição ideal.

Watt-hora
É a unidade de medida de energia e hora, uma unidade de tempo. É a quantidade necessária para alimentar uma carga com potência de 1 Watt durante 1 hora.