Mês passado a Califórnia atingiu de 500 mil carros elétricos vendidos, isso representa metade dos carros vendidos nos Estados Unidos. Não é surpreendente que tenha sido um dos tópicos mais populares do LA Auto Show 2018.

Segue aqui 3 inovações tecnológicas de destaque na feira.

  Seja elétrico

Não podemos negar que os utilitários esportivos estão impulsionando o mercado automotivo global, e não podemos negar que essa é uma tendência ruim quando falamos de aquecimento global.

De acordo com os dados da LMC Automotive, os SUVs representam apenas 15% dos veículos de categoria leve no mundo em 2013. Este ano a expectativa de vendas é de 35% de vendas, quando falamos de Estados Unidos, a participação dos SUVs foi de 32% em 2013, a estimativa é que ultrapasse os 50% em 2019.

Grandes mudanças estratégicas estão feitas pelas montadoras,  com base nessa perspectiva a Ford Motor Co. a montador anunciou que não eliminar a produção de carros sedans na América do Norte. A General Motors anunciou mês passado que esta encerrado a produção de 6 sedans em sua linha Norte Americana.

A industria observa uma estratégia de explorar a brecha das regulamentações norte-americanas para economia de combustível, tornando os veículos mais valorizados, mas o desafio é o teste ambiental, alinhando sua estratégia de produção de SUVs com a estratégia de fabricação dos carros.

A Ford pretende até o final de 2019 lançar um carro elétrico com autonomia de 480 quilômetros, porém a General Motors ainda não produziu um Carro Elétrico em grande escala, ponto negativo da montadora em relação as outras montadoras que adotaram medidas rápidas nesse segmento.

Quem roubou a cena do LA Auto Show foi a Rivian, lançando uma camionete totalmente elétrica, a R1T, além da SUV R1S, sendo que ambos os veículos serão de 640 Km de autonomia. Os veículos espaçosos vem com diversos recursos projetados, não somente para quem procura mais do que um carro ecológico, como por exemplo, ponto de tomada 110 V, laterna integrada na porta do motorista, 

“Há um monte de ovos de Páscoa interessantes em todo o veículo, todos focados em tornar fácil enfrentar as aventuras da vida”, disse o diretor e fundador da Rivian, RJ Scaringe, em uma entrevista.

Quando questionados sobre o porque abrir mão dos veículos a combustão interna e partir direto para a fabricação de veículos elétricos em grande escala, a empresa Scaringe mostrou que é um produto único, além disso dispõe de conforto e além da questão ecológica.

RJ Scaringe diz “Nós vemos no mercado hoje que muitas pessoas estão lutando com isso também, e podem acabar tendo dois tipos muito diferentes de veículos. Você verá um cliente com um jipe ​​sentado ao lado do mesmo estacionamento no BMW i3 ”, disse ele. “Então, nós dissemos: ‘Vamos permitir que eles não tenham esse compromisso'”.